A necrobiose lipóidica é uma doença degenerativa do tecido dérmico conjuntivo, que se caracteriza pelo desenvolvimento de pápulas ou nódulos eritematosos, localizados preferencialmente nos membros inferiores, embora ocasionalmente possam encontrar-se nos membros superiores e no tronco.

Surge mais frequentemente em mulheres jovens, associada à diabetes mellitus. As pápu1as formam placas cobertas com vasos telangiectásicos.

Necrobiose Lipóidica

Causas

Associada à diabetes mellitus.

Sintomas

– Os sintomas da necrobiose lipóidica são:

– Aparecimento de lesão na pele (tipo machucado).
– Endurecimento na área afectada.
– O centro da área afectada tem uma tonalidade amarelada, enquanto a área circundante é rosa escuro.

Diagnóstico

A necrobiose lipóidica é diagnosticada através de uma biopsia cutânea.

Tratamento

Não se pode dizer que existe um tratamento realmente eficaz para a maioria dos casos de necrobiose lipóidica. Como em muitas doenças cutâneas, não existem estudos rigorosos, com um número suficiente de doentes, que demonstrem a eficácia de algum tratamento.

Medidas Gerais

– A melhor medida será o bom controlo da diabetes.

Tratamento Tópico

– Um esquema lógico seria recorrer, nos casos não ulcerados e sem dor invalidante, em primeiro lugar, aos corticóides superpotentes tópicos (por exemplo, clobetasol). Deve avisar-se o utente de que o tratamento não eliminará totalmente as marcas.

– Se não houver melhoria num prazo de vários meses, deve propor-se o encaminhamento ao dermatologista.

2 COMENTÁRIOS

  1. Minha irmã possui necrobiose lipoidica ulcerada porém não tem diabetes. Se puderem me enviar um contato agradeço. Ela está numa fase critica onde nenhum medicamento ou tratamento é eficaz.

  2. eu tenho necrobiose lipoidica nas duas pernas ha 27 anos mas nao tenho diabetes sofro muito com esse problema gostaria de melhores informaçoes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here