O líquen plano é uma doença inflamatória crónica da pele e membranas mucosas de origem desconhecida, também pode ocorrer no couro cabeludo, pele e unhas, entre outras regiões, com uma característica distintiva: é de natureza  auto-imune, isto é,  é causada quando o sistema imunológico (de defesa do corpo) ataca os seus próprios órgãos e tecidos do corpo.

O líquen plano (LP) é uma dermatose muito frequente e foi uma das primeiras dermartites estudadas. Existem muitas variantes clínicas, a maioria delas de etiologia desconhecida e com resultado terapêutico de escassa eficácia. A lesão elementar é a pápula poligonal de líquen aplanada, pruriginosa, de cor esbranquiçada ou rosada, localizada preferencialmente nas áreas distais das extremidades.

Costuma ser característica do diagnóstico a presença de estrias esbranquiçadas (estrias de Wickham) que conferem um aspecto brilhante às pápulas. As estrias de Wickham são mais perceptíveis nas lesões completamente desenvolvidas e representam um sinal patognomónico do líquen plano. 

Foram descritas aproximadamente vinte variantes clínicas de líquen plano, entre elas: o anular, de mucosas, erosivo ou hipertrófico, mas não vamos abordar, por não, ter grande importância do ponto de vista prático para o médico de família. O líquen plano é uma doença relativamente comum que afecta adultos de meia-idade, é mais comum em mulheres. Raramente afecta crianças.

Causas

Depois de numerosas investigações, a causa do líquen plano ainda é desconhecida. Foi relacionada com hepatopatias infecciosas e não infecciosas (doença de Wilson, hemacromatose, défice de a1-antitripsina, cirrose biliar primária).

Dentro da possível relação com patologias hepáticas infecciosas, as afecções pelos vírus da hepatite C (VHC) e da hepatite B (VHB) são as mais relacionadas com o líquen plano das mucosas; no entanto, não existem ainda estudos conclusivos. Sabe-se, contudo, que o líquen plano é um processo desencadeado por uma resposta da imunidade celular frente ao antigénio ou antigénios de natureza desconhecida.

Sintomas

Os sintomas do líquen plano são:

– Ardor.
– Sensação de secura da mucosa oral.
– Coceira (comichão).

É essencial saber que uma alta percentagem de pacientes não apresentam sintomas ou queixas. Isto implica que as lesões não são percebidas num grande número de pacientes e o diagnóstico é feito durante uma visita de rotina ao dentista.

Factores de Risco

O stresse e a ansiedade podem desencadear esta doença, assim como o alcoolismo, o tabagismo, a má higiene oral, trauma, sobre-infecção por candidíase e doenças sistémicas.

Diagnóstico

O diagnóstico da doença deve ser baseado na observação clínica pelo dermatologista, e ser confirmada por uma biopsia.

A apresentação clínica do Líquen Plano pode ser semelhante a outras doenças, incluindo:

A biopsia é útil na identificação de características histológicas para diferenciar o Líquen Plano destas patologias.

Tratamento

O tratamento é fundamentalmente sintomático. Deve ser tratado pelo dermatologista, pela sua complexidade diagnóstica e possibilidades terapêuticas. Trata-se em função da sua extensão. Nas formas localizadas, aconselha-se a aplicação de um corticóide tópico potente, como o clobetasol, sobre as lesões 1-2 vezes ao dia, e um anti-histamínico por via oral para aliviar o prurido.

Nas formas hipertróficas recomenda-se aplicar um corticosteróide em oclusão. No caso de líquen plano generalizado, aconselha-se a encaminhar o doente ao dermatologista para assegurar o diagnóstico, já que o tratamento consiste na administração oral de prednisona em doses de 40-60 mg, durante 4-6 semanas, até que desapareçam as lesões, e proceder à redução gradual da dose. Se a sintomatologia for mínima, pode não fazer tratamento.

No líquen plano oral, é aconselhável encaminhar os doentes para o dermatologista, já que o tratamento é difícil e pouco gratificante. Existe, além disso, a possibilidade de se desenvolver um carcinoma epidermóide sobre as lesões, pelo que se estabelecerá um regime de controlos periódicos.

Fotos de Líquen Plano

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here