Granuloma piogénico é uma dermatose benigna, secundária à proliferação vascular reactiva ante diversos estímulos, que, clinicamente, se caracteriza por elementos nodulares, da cor da pele ou mais claros, com rebordos papulosos duros.

O processo é assintomático  (o paciente é portador de uma doença ou infecção, mas não exibe sintomas), sendo as suas localizações mais frequentes o dorso das mãos e dos pés, cotovelos ou joelhos.

Granuloma piogénico

Neste Fórum Abordamos os Seguintes Tópicos

Causas

Originalmente, supôs-se ser uma complicação da infecção piógena de uma ferida. No entanto, actualmente, considera-se que o evento primário é a proliferação endotelial.

A etiologia é desconhecida, sabendo-se, no entanto, que é mais frequente em diabéticos. Para alguns médicos, constitui uma variedade de necrobiose lipóidica diabeticorum. Noutros casos, coincidem com processos amigdalinos.

Tratamento

– Eliminar o possível foco.

Tratamento Farmacológico

– As lesões pediculadas podem ser tratadas mediante curetajem e electrocoagulação da base, embora seja frequente a recidiva, caso em que se pode optar pela excisão cirúrgica.

– Se for diabético, será necessário um tratamento específico que deve ser instaurado por um dermatologista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here