A foliculite representa uma infecção piogénica dos folículos pilosos, que invade apenas a porção, superficial do folículo e atinge com maior profundidade o bolho piloso.

Inicia-se quando o foliculo piloso é danificado por fricção com a roupa, bloqueio do folículo ou ao barbear e pode estender-se perifolicularmente. O sinal fundamental é uma pústula amarelada de parede delgada, com uma auréola eritematosa  circundante, com um pêlo emergindo do centro da pústula.

A foliculite tem o mesmo aspecto da acne, mas existem diferenças entre elas, enquanto a foliculite é a inflamação de um ou mais foliculos pilosos , a acne é uma doença inflamatória da pele que envolve as unidades pilossebáceas.

Causas

As foliculites geralmente são ocasionadas pelo Stapbylococcus aureus, ainda que também  possam ser provocadas por outras bactérias ou fungos.

A foculite da barba é uma infecção dos folículos pilosos causada por estafilococos na  área barbeada da cara, especialmente acima do lábio superior, e que piora quando se barbeia. A tinha da barba (Tinea barbae) é semelhante à foliculite da barba, mas a infecção é causada por  um fungo.

A pseudofoliculite da barba é um transtorno que atinge principalmente homens de raça negra, dado que os cabelos encaracolados da barba, após serem cortados, ficam muito curtos, e podem curvar-se para dentro da pele causando inflamação. Nas crianças, a foliculite afecta com maior frequência a cara, couro cabeludo, nádegas e extremidades.

Sintomas

Os sintomas da foliculite são:

– Coceira (comichão).
– Ardor (pode ocorrer ou não).
– Área cutanêa avermenhada.
– Espinhas ou pústulas localizadas ao redor do folículo piloso.

Tratamento

– Lavagem frequente com sabões anti-sépticos.
– Evitar a oclusão e a humidade.
– É importante eliminar os possíveis fómites contaminados (esponja de banho, creme hidratante, gel de duche, luvas de crina etc) responsáveis pela reinfecção.

Tratamento Farmacológico

– Aplicação de um creme antibiótico com ácido fusídico 2-3 vezes ao dia durante 7 dias ou até observação de remissão clínica.
– Nas foliculites profundas, com importante perifoliculite , as localizadas na barba, as que afectam doentes imunodeprimidos, com patologia subjacente ou portadores de valvúlas protésica cardíacas, devem ser tratadas também com um antibiótico anti-estafilocócico oral, como a flucloxacilina: 500 mg, de 6-6 horas. A duração do tratamento é de 7 dias ou até remissão clínica.

Fotos de Foliculite

2 COMENTÁRIOS

  1. Olá tudo bem? tenho esse problema no meu cabelo a 17 anos tentando tratar ,ja usei varios tipos de pomadas e cremes comprimidos ja foi aplicado ate injeçao no local atualmente estou usando a pomada propionato de clobetasol 0.5mg onde estou vendo efeito muito pouco

    • Fassa o seguinte tratamento….3 folhas de aloe vera bem gordinhas 3 colheres de sopa de cachassa meio quilo de mel puro.o aloe vera tem que ter mais de 4 anos,não pode estar em sitio que apanhe polição ,cortar as folhas que estão mais por baixo,essa folhas apanhi_as depois do sol por ou antes do do sol nascer,de perferençia não tenha chuvido á 3 dias.não lavar as folhas só limpar ,retira os espinhos e a pele com uma faca ,põi a polpa num recepiente ,junta a cachassa e o mel,tritura tudo,não pode fazer este preparado com muita claridade nem á luz de lampada ,não pode apanhar raios solare.ponha o preparado num recepiente escuro,toma 2colheres de sopa antes de cada refeição,se quizer pode repetir.veija o resoltádo e me envi o meil para rosiselvagem73@gmail.com e me diga algo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here