A aftose oral (aftas na boca) são  pequenas ulcerações, com fundo de cor amarela ou acinzentada, rodeada por um rebordo vermelho vivo. São dolorosas e, ás vezes, dificultam a mastigação. As aftas verdadeiras (benignas) são autolimitadas e, ocasionalmente, recidivantes. São um problema frequente.

afta oral

É importante não confundir com outras ulcerações bucais, distinguindo lesões aftosas de aftóides. Estas últimas, geralmente, apresentam-se com sistomatologia acompanhante e requerem estudo, podendo tratar-se de patologias graves (por exemplo pênfigo, líquem erosivo, carcinoma espinocelular, infecção por VIH, síndrome de Behçet). As localizações mais frequentes das aftas orais são: ponta e margens linguais e mucosa bucal.

Classificacão

De acordo com as características clínicas as aftas podem classificar-se em três tipos: menores ou de Mickulicz, maiores ou de Sutton  e herpetiformes ou úlcera afotosa herpetiforme.

As aftas menores ou de aftas de Mickulicz são observadas em 80% dos casos, e aparecem sobretudo em crianças e jovens com menos de 20 anos. Este tipo de aftas são pequenas (menos de 1 cm) únicas ou escassas, que se curam de maneira espontânea sem deixar cicatriz, e permanecem por um período de 7 a 10 dias. Habitualmente comprometem a mucosa bucal e a língua na parte central e lateral.

As aftas maiores ou aftas de Sutton ocorrem em 10% dos casos, sobretudo na puberdade e na idade adulta. Este tipo de aftas são maiores (mais de 1 cm , e persistem por semanas ou meses. São muito dolorosas e deixam cicatriz. Este tipo de afta pode fazer-se acompanhar de febre e  linfadenopatia  em casos de superinfeccção bacteriana. A sua localização é a mucosa labial, oral, língua, orofaringe e amígdalas.

As aftas herpetiformes ou úlceras aftosas herpetiformes são observadas em 8% a 10% dos casos, sobretudo em jovens dos 20 aos 30 anos. Este tipo de aftas são geralmente múltiplas e agrupadas, medindo de 1 a 2 mm e duram pelo menos 30 dias. Raramente deixam cicatrizes, e podem localizar-se em qualquer região da mucosa oral, embora com maior frequência  na língua e boca.

Causas (Etiopatogenia)

Múltiplos factores têm sido implicados, mas até agora não se conseguiu esclarecer a causa exacta. Entre outros estão: traumatismos locais, stress, factores genéticos, factores hormonais, infecções virais e bacterianas. Na maioria dos casos, não é preciso nenhum tipo de estudo complementar, só com a aparência da lesão e o quadro clínico em que aparecem já é o suficiente.

Por norma geral, as aftas apresentam uma cura espontânea, desaparecendo em 2 a 3 semanas. Qualquer lesão ulcerada bucal que persista mais de 3 semanas deve ser referenciada a outro especialista (ORL, odontologista, dermatologista), já que um dos diagnósticos que temos que descartar é o de carcinoma escamoso, para o que é previsto uma biopsia da lesão.

No caso de úlceras recidivantes , o estudo na consulta de Medicina Familiar deve incluir:

– Hemograma completo com ferritina para descartar aplasias, anemias.
– Vitamina B12 e ácido fólico.
– Bioquímica para descartar diabetes mellitus.
– ANA para descartar lúpus ou esclerodermia.

Tratamento

– Manter uma boa higiene bucal.
– Dieta mole, fria ou morna.
– Evitar mordeduras.
– Utilizar escova dental suave.

Tratamento farmacológico

Existem múltiplos tratamentos que, por se desconhecer a etiopatogenia, são sintomáticos. Alguns deles não têm demonstrado eficácia. Podemos usar a seguinte terapêutica:

– Corticóides tópico: triamcinolona em comprimidos, que se aplicam humedecendo a ponta do dedo e pressionando a camada laranja do comprimido. Depois, colocar a camada branca do comprimido directamente em contacto com a mucosa a tratar.

– Outras opções são o tratamento com anti-sépticos como a hexetidina ou colutórios orais com nistatina.

Fotos de pacientes com aftas orais


(Veja a nossa galeria completa de fotos de aftas Aqui)

3 COMENTÁRIOS

  1. AFTAS na boca. Eu e mais uns amigos descobrimos que tomando pastilhas / comprimidos de ALCACHOFRA, produto natural, euros 5,00 paga um frasco de 100 comprimidos, numa média de 2 ou mais por dia, as AFTAS DESAPARECEM, acabou-se esta situação, este problema. Passo a informação. Melhoras a todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here